Com os temas de mobilidade urbana, orçamento público e direito à cidade, o projeto MOBCidades
reúne mais de 50 movimentos e organizações da sociedade civil em todo o Brasil para articular ações

O Movimento Observatório do Recife (ODR) em parceria com o INCITI/UFPE, Meu Recife, Centro
Popular de Direitos Humanos (CPDH), Grupo Contestação, Movimento RUA e Ameciclo organizam,
nesta próxima sexta (20), a partir das 18h30, um happy hour de lançamento do Projeto MOBCidades.
O evento acontece na Rua do Bom Jesus (em frente ao número 191), no Bairro do Recife, e conta com
um debate sobre os temas de mobilidade, orçamento público e direito à cidade.
O projeto MOBCidades – Mobilidade, Orçamento e Direitos, é promovido pelo Instituto de Estudos
Socioeconômicos (Inesc), de Brasília, em parceria com 10 organizações integrantes da Rede Social
Brasileira por Cidades Justas, Democráticas e Sustentáveis (Rede de Cidades). A iniciativa visa
fomentar a participação popular na gestão da mobilidade urbana, ​com foco na garantia do direito à
cidade e ao transporte. Com o fundamento de fortalecer ações semelhantes sob um mesmo
“guarda-chuva” temático, o MOBCidades vai articular agendas nacionais de discussão sobre a Política
Nacional de Mobilidade Urbana (PNMU).
As cidades participantes do projeto assumiram o compromisso de multiplicar a metodologia
Orçamento e Direitos, desenvolvida pelo Inesc, com o objetivo de mobilizar cerca de 50 organizações
durante os três anos de execução da iniciativa. Em cada cidade, as entidades locais vão promover e
articular atividades formativas, de incidência, de comunicação e de monitoramento das respectivas
políticas públicas de mobilidade urbana.
Lígia Lima, assessora de Programas do Observatório do Recife, destaca a importância de trabalhar em
rede com iniciativas na área de mobilidade urbana. “Essa é uma agenda de trabalho que a sociedade
civil precisa, mais do que nunca, começar a se articular em âmbito nacional para influenciar a adoção
de políticas públicas que realmente façam a diferença na vida das pessoas”, defendeu. O MOBCidades
é financiado pela União Europeia e contempla os municípios de Belo Horizonte (MG), Brasília (DF),
Ilhabela (SP), Ilhéus (BA), João Pessoa (PB), Piracicaba (SP), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), São
Luís (MA) e São Paulo (SP).

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone