Para registrar a queixa, é só ligar para o 0800 081 0158 e informar empresa operadora, linha do ônibus, número de ordem, dia, horário e local da “infração”

Muitas pessoas têm dificuldade para pegar ônibus na Região Metropolitana do Recife, principalmente idosos e portadores de deficiências físicas. Eles reclamam que os motoristas não respeitam às solicitações e passam direto e que, quando param no ponto, não têm paciência de esperar que o idoso ou deficiente suba no transporte e se acomode.

De acordo com o Grande Recife Consórcio de Transportes, a “queima da parada” está entre as três principais reclamações de quem utiliza o serviço. “É preciso da colaboração do usuário no sentido de fazer a reclamação de todo os profissionais que queimam a parada, ou faltam com educação”, afirma a gerente do Consórcio, Fernanda Gouveia.

Ela explica que, para registrar as queixas, o usuário deve anotar informações importantes para ajudar a apurar os maus profissionais. “Anotar a linha do ônibus, a empresa operadora, o número de ordem, o horário, o dia e, se possível, um ponto de referência. Todas essas informações estão na parte lateral e também no interior dos veículos”, afirma.

Segundo ela, as denúncias são repassadas para as empresas responsáveis. “Nós encaminhamos e notificamos a empresa, para que esses profissionais possam ser capacitados ou até afastados, se for o caso. É importante que o usuário ligue, até para a gente poder fazer a avaliação dessas empresas operadoras”, afirma.

CÂMERAS
A gerente do Consórcio afirma que algumas empresas já estão aderindo às câmeras do lado de fora do ônibus, para identificar quais motoristas estão “queimando” as paradas. “100% da nossa frota tem câmeras dentro do veículo, para a segurança do passageiro e prevenção de assaltos. Mas algumas empresas já instalaram câmeras fora também”, diz.

SERVIÇO:
Grande Recife Consórcio: 0800 081 0158

Fonte: pe360graus

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone